Gregori & Quattrino

O restaurante foi projetado na área que integra o interior da casa ao seu jardim. No seu desenvolvimento foram usados princípios que nortearam a obra de Gregori: utilidade, conforto, equilíbrio e proporção, ventilação e iluminação. A luz natural foi filtrada com o uso de pergolado em madeira teca e aço, com seguimento em brise e guarda-corpo em mesma estrutura. A madeira foi utilizada em lambris de forração em parte do ambiente, parede e piso, que recebeu a abertura da cozinha para o exterior em aço, criando uma pequena área para scotch bar. O salão foi harmonicamente desenvolvido com duas alas intercomunicadas em mesma área. A parte interna foi emoldurada por um jardim vertical e uma pequena árvore. Sobre o piso em madeira, as belas poltronas Casulo em aço e corda assinadas pela Breton e iluminação indireta Lumini. A área que se abre para o jardim recebeu mesa Gramado e cadeiras Breton em tons preto, cinza e laranja sobre piso de porcelanato em grande formato. Foram criadas unidades individualizadas por cortinas florais em linho e iluminação indireta Lumini. Este aconchegante ambiente recebe o restaurante Quattrino, que há três décadas faz parte do cotidiano paulistano.