Jardim Mina 2020

Originalmente projetado por Mina Klabin, o belo jardim da Casa Modernista é dividido em 3 patamares, acompanhando o desnível do terreno. Por ser uma casa histórica, optamos por preservar as linhas gerais do projeto, nosso ponto de partida.
O primeiro patamar é um espaço de circulação. Mantivemos essa característica principal, por ser um jardim de acesso aos outros jardins e, destacamos os canteiros laterais como caminhos. Para possibilitar o espaço como área também contemplativa, colocamos uma mesa com cadeiras.
No segundo patamar, a horta do projeto original nos inspirou a desenvolver um espaço para refeições, uma grande mesa protegida por um pergolado e também por vasos de cactos, esses uma marca registrada de Mina Klabin, presente em seus projetos desenvolvidos para as casas modernistas.
Passando para o terceiro patamar temos uma grande praça, sob base drenante de seixos. Ao centro, uma frondosa jabuticabeira abraçada por um banco em toda sua volta. Pensamos também na presença de árvores frutíferas e complementamos com vegetação arbustiva. O espaço conta também com bancos em forma de pedra, desenho do nosso escritório, além de uma grande escultura de Artur Lescher.